Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Viver

por antonio-jose-leitao-canotilho, em 05.01.20

Antonio Canotilho.jpg
Cada ser humano é diferente, e qualquer um faz a sua história de vida e missão no mundo.

Temos a nossa personalidade, lutamos pela felicidade que surge por momentos ao longo dos dias. Porém coabitamos também com maus momentos, que nos causam mal-estar, mas que são também importantes, pois determinam a luta que deveremos ter no dia a dia.
E são os momentos mais hostis que exigem uma introspeção da nossa parte a agir da forma mais equilibrada perante as adversidades que surgem
Porém a sabedoria da vida ensina-nos que, certezas não existem, mas há que discutir os problemas. E a verdade é esta “só sei que nada sei”, a noção da vida que temos é efetivamente sentirmos tal sinopsia, pois assim vamos encontrar certa segurança nas nossas decisões e determinações.
Porém a sociedade, perante qualquer postura que se tome está muito sentenciosa e intolerante. É pena, pois assim torna-se num autêntico terreno estéril, verdadeira síncrise à civilidade.
E a sociedade das massas tão determinada sobre “qualquer ausência de certeza, e mesmo sobre o nada”, incute o desperecimento do indivíduo na sua forma pensar, estar e atuar.
As determinações da nossa personalidade e escolhas, usando a sabedoria e racionalidade são sempre vetores que no apaziguam, transportando-nos a um bem-estar perante as adversidades do mundo.
A minha profissão é privilegiada, pois dou e recebo carinho de tantos, sobretudos dos mais velhinhos, aprendo tanto com eles e ajudo-os na saúde. Provavelmente um privilegiado por me encontrar nesta missão que escolhi.
Temos de “viver a sonhar” e “o sonho comanda a vida” e tem sido este o pensamento que determina um bem estar logo de manhã, pois que, o sonho tantas vezes está perto de nós, e mesmo tantas vezes existe connosco.
O “sonho comanda a vida”, é sem dúvida a base da nossa estabilidade com muitos pedacinhos de esperança.
O sonho é livre. Nos momentos de lazer sonho muito, e quero-o manter, pois “o sonho” e também “o amor”, enfortecem-nos a alma e não nos deixam injustiçados duma vida que por vezes  não nos é favorável.
Se somos amados, “o amor” faz-nos olhar para quem somos, sem ambição, mas com sabor a paixão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:46



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D